Iluminação eficiente em energia com leds ilumina o mundo

Iluminação eficiente em energia com leds

A eletricidade usada durante a vida útil de uma única lâmpada incandescente custa de 6 a 12 vezes o preço de compra original da própria lâmpada.

Por sua vez, a lâmpada de diodo emissor de luz (led) e lâmpadas fluorescentes compactas revolucionaram a iluminação com eficiência de energia.

A evolução das iluminações

As lâmpadas fluorescentes compactas são simplesmente versões em miniatura de lâmpadas fluorescentes de tamanho normal. Elas emitem uma luz semelhante às lâmpadas incandescentes simples – não como a iluminação fluorescente que associamos às fábricas e escolas.

Os led são pequenos, lâmpadas sólidas muito eficientes. As novas lâmpadas deste tipo são agrupadas em grupos com lentes difusoras, o que ampliou os aplicativos para uso em casa.

A tecnologia led está avançando rapidamente, com muitos novos estilos de lâmpadas disponíveis. Inicialmente mais caros que as lâmpadas fluorescentes compactas os leds agora agregam mais valor, pois duram por tempo superior e geram um rápido retorno financeiro por oferecer até 91% de economia na conta de luz.

O status da iluminação com eficiência energética

Com um crescente fornecimento de opções de lâmpadas muito mais eficientes a UE iniciou uma proibição legal de incandescentes em 2010.

Outros países da América do Norte seguiram o exemplo proibindo a fabricação e importação de lâmpadas incandescentes de alta potência.

Em 2008, os Estados Unidos estabeleceram novas diretrizes de eficiência energética para todas as lâmpadas, eliminando efetivamente as lâmpadas incandescentes menos eficientes.

As incandescentes agora estão disponíveis apenas se atenderem ao novo padrão de energia na terra do Tio Sam.

A Nova Zelândia, a China e vários países também eliminaram ou baniram as lâmpadas incandescentes. Estima-se que essas mudanças salvem cada país que muda para lâmpadas eficientes em energia pela diminuição dos gastos energéticos.

Lâmpadas led: Variações de estilos

Modelos leds são lâmpadas sólidas extremamente eficientes em termos de energia.

Quando desenvolvidos pela primeira vez, os leds se limitaram ao uso de lâmpada única em aplicações como painéis de instrumentos, eletrônicos, luminárias de caneta e, mais recentemente, cadeias de luzes de natal internas e externas.

Os fabricantes expandiram a aplicação dos leds agrupando as pequenas lâmpadas. As primeiras lâmpadas agrupadas foram usadas para itens alimentados por bateria, como lanternas e faróis.

Hoje, as lâmpadas led são fabricadas usando até 220 lâmpadas por cluster e envoltas em lentes difusoras, que espalham a luz em feixes mais amplos. Agora disponível com bases padrão que se encaixam em luminárias domésticas comuns, estas produções formam a próxima geração em iluminação doméstica.

Uma característica significativa dos leds é que a luz tem forma direcional, em oposição às lâmpadas incandescentes que espalham a luz de maneira mais esférica. Essa é uma vantagem da iluminação embutida ou do gabinete, mas é uma desvantagem para os candeeiros de mesa.

Os novos designs de lâmpadas led abordam essa limitação direcional usando lentes difusoras e refletores para dispersar a luz mais como uma lâmpada incandescente.